Lançado em julho de 2014, o Google Pigeon (ou “pombo”, em português) é uma atualização do algoritmo do motor de busca que veio para melhorar o posicionamento dos chamados resultados locais. A partir desse lançamento, o Google passou a priorizar os resultados mais relevantes levando em consideração a proximidade da localização de quem está buscando.

Essa atualização causou um grande impacto na época do seu lançamento – e continua até hoje. E logo que foi lançada, nós fizemos um vídeo sobre o assunto no Canal da Mateada no Youtube, falando sobre o que iria mudar na prática e dando dicas para as empresas aproveitarem essa novidade e melhorarem seu posicionamento no Google.

Se você está interessado nessas dicas, basta dar um play no vídeo acima ou então ler, abaixo, a transcrição que fizemos de tudo o que foi falado no vídeo. Fácil assim! 🙂


 

Opa, tudo bonzinho? Hoje nós estamos aqui para falar de mais uma atualização do Google. Para desespero da galera de SEO, dessa vez quem vai ser afetado são os resultados locais. O Google de tempos em tempos lança alguma atualização mudando o conceito, a forma como ele busca, a forma como ele avalia os resultados, e agora chegou a vez dos resultados locais. E a gente vai falar um pouco sobre isso abaixo!

Sobre o Google Pigeon (pombo)

Foi agora no final de julho (de 2014), mais precisamente no dia 24, que o Google anunciou o lançamento dessa atualização que vai afetar os resultados locais. O pessoal do Search Engine Land resolveu chamar de Google Pombo essa atualização porque o pombo tem uma característica: ele sempre sabe o caminho para voltar pra casa, ele sempre sabe o local onde ele mora. E o pombo também é um bicho muito veloz, então daí que veio a inspiração para criar o nome desse algoritmo.

Assim como as demais atualizações do Google, essa também foi lançada primeiro nos Estados Unidos, como um teste para avaliar o impacto e tudo mais, mas em breve, nos próximos meses, ela deve estar chegando aqui no Brasil para a gente. Para nós, que trabalhamos com SEO, é muito importante ficar de olho no que está acontecendo lá e já tentar ir aprendendo alguma coisa, já ver o que precisa fazer para corrigir, e já se antecipar. Então isso para a gente é muito bom porque dá tempo de se planejar até essa atualização chegar aqui para nós.

Essa atualização do Google também visa trazer resultados mais úteis, mais ricos e mais relevantes para os usuários. Só que dessa vez o impacto, ao invés de vir nos resultados normais do Google, nos resultados de busca normal, ele também vai impactar as buscas dentro do Google Maps. Segundo alguns testes da própria Search Engine Land, o raio de distância dos resultados locais vai ficar bem reduzido, então os resultados que vão aparecer para gente de resultados do Google Maps locais, vão ser coisas bem próximas mesmo.

Impacto do Google Pigeon nas buscas

O Google ainda não informou qual vai ser o percentual de buscas, ou de resultados de buscas, que vão ser impactados com essa atualização. Mas provavelmente vai ser um impacto bem significativo, pois cada vez mais a gente vê resultados do Google Maps e isso está ficando bem disputado, então tem que ter uma forma de a gente reduzir esses resultados. Então, eu acho que o impacto aqui vai ser bem grande.

E é uma tendência que o próprio mercado vinha falando sobre isso, já estava prevendo que isso ia acontecer, não só pelo comportamento das pessoas, mas como as estratégias das empresas também, essa conexão cada vez maior do mundo online com o mundo offline. E agora, mais do que nunca, a gente vai precisar conectar, no nosso site e na nossa vida online, o nosso mundo offline também. E é fundamental para quem tem uma loja física, para quem tem um local de atendimento, estar realmente presente no mundo online também.

Dicas para usar a atualização a favor da sua empresa

Cadastre-se no Google Meu Negócio

Então a nossa primeira dica para aproveitar esse update é na verdade a mais básica de todas, e é a que vocês já devem ter feito, que é ter um cadastro da empresa no Google Meu Negócio – que tá sempre mudando de nome, já se chamou Google Place, Google Business, Google Mais Local, e agora chama Google Meu Negócio. No fim das contas é o mesmo serviço, só que ele foi agregando mais funcionalidades e foi mudando de nome ao longo do tempo.

Mais do que isso: tenha um cadastro completo

Agora, para complementar essa dica que a Carina deu, eu quero dar uma dica a mais que é: além de ter um cadastro, é preciso ter um cadastro muito completo, colocar muita informação. O Google sempre quer trazer informação relevante pro usuário, a gente precisa ter isso na cabeça.

E que tipo de cadastro a gente pode fazer que vai ser relevante para o usuário quando ele estiver fazendo a busca pelo nosso negócio? Um cadastro muito completo, colocar muita informação (horário de atendimento, forma de pagamento, se tem estacionamento perto, se não tem…), colocar um vídeo, colocar fotos, pedir para as pessoas comentarem, pedirem para as pessoas fazerem reviews.

Isso vai deixar o teu local muito mais relevante e vai potencializar muito a forma como ele vai aparecer no resultado de busca!

Faça marcação de microdados

E mesmo tendo cadastro no Google Meu Negócio para aparecer no Google Maps, ainda é altamente recomendado que a gente faça as marcações de microdados, com esquemas aqueles de Local Business. Ir lá no HTML, no local onde tu colocar o endereço e os contatos da empresa no site, e usar algumas pequenas marcações que vão ajudar o Google a ler e interpretar melhor onde tu está informando isso pro usuário.

Além disso, é muito importante que o endereço e o telefone que a gente informou no cadastro do Google Meu Negócio seja o mesmo telefone e endereço que está presente no website.

Cadastre a sua empresa em diretórios

E cadastrar a empresa em catálogos e guias da internet também é uma boa dica, pois esses sites geralmente posicionam muito bem, e agora, com essa supervalorização do local, eles vão posicionar melhor. Então sites como Hagah, Guia Mais, Telelistas, vale a pena estar presente neles, pois vai posicionar mais rápido e vai posicionar bem.

Mas fique sempre atento porque não adianta fazer cadastro em qualquer lugar. A gente vai cair naquele velho problema do SEO que é fazer spam em diretório, um problema histórico para quem trabalha com SEO, então a dica é fazer cadastro somente em sites com qualidade. E o que que é um site com qualidade? A resposta é muito simples. Antes de cadastrar, pare e pense no seguinte: “se eu fizer cadastro nesse site, ele vai me trazer tráfego?”. Se a resposta for não, é porque ele não é relevante, então tu não deve cadastrar o teu site lá.

E quando a empresa não é uma empresa local?

Nesse caso, como é que a gente faz? Será que usa essas marcações também ou vão confundir o cliente, quem está te procurando? A minha dica é: usa essa estratégia de qualquer forma, pois quando a gente tem um endereço físico no site, quando a gente tem um local, por mais que a gente não atenda nele, a gente passa mais credibilidade para o usuário, para o nosso futuro cliente, e também para o Google.

E é claro que todo mundo deve se preocupar com isso, porque agora, mais do que nunca, estar presente nessas buscas locais vai ser um grande diferencial para os resultados de busca.

E para finalizar a gente quer deixar uma pergunta aqui: neste último mês, quantos contatos tu recebeu de pessoas que encontraram a tua empresa no Google Maps? Poucas pessoas se preocupam em acompanhar essa informação, e é por isso que a gente está fazendo essa pergunta, até para te fazer pensar um pouco nisso. Eu tenho certeza que todo mundo que começar a mensurar isso vai entender a importância que os resultados locais têm.

Então é isso, gente. A gente espera que vocês tenham gostado. Deixem um like no nosso vídeo, se não gostou pode deixar um dislike também, deixa comentário com sugestão, com perguntas, e se quiserem, podem mandar um e-mail também que a gente vai responder com o maior carinho. E não esquece de assinar o nosso canal!


Assine o canal da Mateada no YouTube:

Gostou das dicas? Se você ainda não colocou elas em prática, ou não sabe bem como fazer, você pode se interessar por esse conteúdo sobre Como colocar sua empresa no Google Maps. Nele, explicamos passo a passo como fazer um bom cadastro no Google Meu Negócio e muitas outras dicas! Até a próxima! 🙂