O Facebook Business Manager é uma plataforma lançada no início de 2014 que auxilia no gerenciamento de páginas e contas de anúncios na rede social. Logo que a ferramenta foi lançada, nós fizemos um vídeo falando sobre as nossas primeiras impressões usando o Business Manager aqui na agência. Hoje, é claro que muita coisa já mudou, inclusive alguns bugs que detectamos naquela época, mas acreditamos que ainda assim o conteúdo deste vídeo é bastante válido para quem não conhece ou está experimentando essa plataforma.

O vídeo tem menos de 10 minutos e traz várias dicas bacanas sobre o uso e as funcionalidades do Business Manager. E como você vai consumir esse conteúdo fica à sua escolha: pode dar play no vídeo aqui em cima ou então ler a transcrição de tudo o que falamos nele abaixo! Gostou? Então vamos nessa!


“Hoje nós estamos aqui para falar de uma novidade do Facebook, lançada recentemente, que é o Facebook Business Manager. E que a galera ficou chamando de “MCC do Facebook”, por que é muito parecido com o MCC do Google Adwords, principalmente o conceito de gerenciar mais de uma conta, de ter uma hierarquia bem definida. A gente ainda não tem domínio total da ferramenta, porque é muito nova, mas a gente já tirou algumas ideias. A gente já tem ideia do que que é legal, do que que não é da ferramenta, vamos dar os nossos pitacos aqui e esperamos que vocês também dêem os pitacos de vocês nos comentários! 🙂

Até hoje a maneira que a gente tinha para gerenciar contas no Facebook, sejam fanpages ou conta de anúncios, era um pouco complicada, misturava muito com o nosso perfil pessoal, principalmente para quem era de agência, muitas vezes a gente tinha que criar contas novas que eram usadas exclusivamente pelos analistas… Era ruim de gerenciar isso. E aí o Facebook lançou essa semana uma ferramenta que já deveria ter lançado há muito tempo que é o Facebook Business Manager!

Para que serve o Facebook Business Manager?

O Facebook Business Manager vem justamente como uma solução para isso: uma facilidade para gerenciar usuários e para os usuários conseguirem utilizar as suas próprias contas do Facebook para isso, sem misturar a conta pessoal com o trabalho (que isso é muito legal!) e, também, para as agências e analistas que trabalham com muitas contas. Isso vai ficar muito mais simplificado agora, porque a gente consegue ter acesso tanto a Ads quanto à administração das páginas, diretamente pelo gerenciador de negócios.

Funções administrativas das páginas

Algumas coisas ficaram um pouco confusas lá dentro do gerenciador, e as funções dos usuários foi uma delas. A gente tem, no primeiro nível, duas funções: uma delas é a função de administrador da conta e, a outra delas, é de funcionário da conta. E quando a gente está falando de conta, estamos falando basicamente do acesso da agência, que é o perfil que a agência tem que criar. A grande diferença entre cada uma delas é que quem tem um perfil de administrador pode excluir uma conta e inserir funcionários novos. De resto, a função é a mesma.

Só que abaixo disso, a gente tem mais dois acessos que é onde a gente realmente vai mexer na conta do cliente, que ele pode ser o acesso a uma fanpage ou acesso a uma conta de anúncios, onde cada usuário pode ter uma ou as duas funções ao mesmo tempo. E isso acabou gerando um pouco de confusão.

Acesso às contas

Outra coisa que acabou gerando confusão também foi a maneira que a gente tem que pedir acesso ao cliente. Quando a gente precisa pedir acesso a mais de uma fanpage, ele consegue fazer isso de uma forma bem amigável, você vai receber um link, clica lá e pronto. Só que se ele precisar dar acesso a uma conta que é somente de anúncio, por exemplo, ele também vai precisar fazer o cadastro nessa mesma ferramenta. E aí que eu acho que a coisa pode ser que complique um pouco, porque não é todo cliente que tem a experiência e a desenvoltura de ir lá, fazer o cadastro, depois saber como mexer, aceitar os acessos e enfim.

Aí nesse nível de acesso, se a gente for trabalhar com páginas, gerenciando as páginas no Facebook, as funções são as mesmas que a gente já tinha lá no Facebook na administração das páginas, que são: moderador, editor… São exatamente as mesmas funções que a gente vai conceder através do Facebook Business Manager. Já para os usuários que gerenciam anúncio, a coisa ficou um pouquinho diferente. Agora, além do administrador lá nos anúncios, a gente também tem o analista e o anunciante. O anunciante é quem tem permissão para criar anúncios e o analista, além disso, tem permissão para olhar relatórios e fazer algumas configurações a mais que o anunciante.

Vale lembrar que todas as funções que já existiam até aqui continuam funcionando, então se tu está gerenciando uma página que tu tem acesso direto no perfil de anúncio, tu ainda vai conseguir fazer isso. Assim como, se tu tem acesso a uma fanpage, tu ainda vai conseguir gerenciar essa fanpage. A gente está em um processo agora que o Facebook quer que a gente migre todo mundo para esse Business Manager. Inclusive, quem fizer o teste e migrar o seu perfil para o Business Manager vai perder o acesso que a gente tinha até então.

Funcionalidades novas do Business Manager

 

Projetos

Uma funcionalidade que eu achei interessante também foi o conceito de projeto. Lá dentro de projetos a gente coloca as páginas que a gente está administrando juntamente com as contas de anúncio e todo mundo tem uma visão geral do que que está acontecendo. Mesmo aquele anunciante, o usuário que está trabalhando nos anúncios, ele consegue também ter uma ideia do que que tá acontecendo na página como um todo.

Administração de apps

O Facebook também trouxe para dentro do Business Manager a administração dos apps, além de outras funções que ele também agregou, o que foi muito legal, porque ele centralizou agora tudo dentro da mesma ferramenta. A gente não precisa mais ficar visitando páginas diferentes. Anteriormente, quem precisava administrar um app precisava visitar uma página, e quem ia administrar os anúncios ia para uma outra página diferente. Projeto era uma coisa que nem existia, a parte de gerenciamento de fanpages estava em outro lugar… Então estava tudo meio espalhado e eles concentraram todas essas funcionalidades em uma ferramenta e incluíram algumas coisas novas. O que ficou muito legal, é muito mais fácil de trabalhar agora com Facebook.

Autorização de acesso

Eu acho que essa ferramenta vem, na verdade, para ajudar muito nos trabalhos das agências, porque antes fazia muita falta todas essas facilidades, como gerenciar usuários, gerenciar páginas com anúncios junto, não precisar de uma página para outra… E também por segurança do cliente. Para quem trabalha em agência, é legal essa questão de a gente pedir acesso, acessar com as nossas próprias contas. Cada vez que a gente pede acesso, o dono da página, que é a empresa mesmo, vai autorizar o nível de acesso que tu vai ter. Se quiser adicionar um novo usuário sempre vai ter que ter a aprovação do cliente. Eu acho que isso dá uma certa segurança, tanto para a agência, quanto para o cliente.

Plataforma separada da rede social

E até por uma questão de produtividade do funcionário enquanto ele estiver trabalhando na agência. Anteriormente, ele ia gerenciar uma página dentro do Facebook e ele tinha que ficar ativo com a própria conta dele, e muitas vezes acabava causando muita distração. Era uma mensagenzinha que aparecia, alguém que chamava ele no chat… Agora, quando ele está trabalhando dentro do Business Manager, ele praticamente se isola do Facebook, ele entra em um ambiente completamente diferente.

Cadastro com e-mail profissional

Outra coisa que também ficou muito legal é que eu consigo cadastrar, nessa minha ferramenta, o meu e-mail profissional de trabalho. Então qualquer tipo de notificação que o Facebook vai mandar, antigamente ele aprovava anúncio, por exemplo, e eu recebia uma notificação. Como eu estava usando o meu Facebook pessoal para acessar e administrar as contas, esse tipo de aviso ia pro meu e-mail pessoal, o que não é legal porque ficava misturando essas informações. Agora, como eu coloco o meu Facebook profissional, essas mensagens do Business Manager são enviadas para o meu e-mail profissional, então as coisas ficaram mais separadas, o que ficou muito legal.

Tanto que agora quem está no teu Facebook, os teus amigos, não vão ver as coisas, não vão ter nenhum tipo de notificação do que tu está fazendo na tua página no Business Manager. E, o contrário, também não, ou seja, a tua empresa ou quem está acima de ti, quem está trabalhando junto contigo no Facebook, profissionalmente, não vai receber nenhum tipo de atualização se tu subir alguma foto. As coisas realmente não se misturam.

Ferramentas concentradas em um só lugar

Quando eu ouvi falar no Business Manager do Facebook a primeira coisa que me veio na cabeça foi: “pô, tenho que colocar tudo fora e agora vou usar só isso”. Mas não, ela vem pra ajudar, é uma ferramenta a mais, mas a gente continua usando o gerenciador de anúncios do Facebook, e o Power Editor também. Ele só vai concentrar no mesmo lugar e vai te ajudar a gerenciar a tua página no Facebook como um todo, mas ele não vai anular a utilidade das outras ferramentas que a gente já tem. O Power Editor, por exemplo, ficou igualzinho ele tava, só mudou o layout. Ele veio para dentro da ferramenta com as mesma funcionalidades, do mesmo jeito, só que ele não é mais azul, agora ele é cinza.

Eu fico com um pouco de dúvida sobre como isso vai cair sobre as empresas e sobre as agências, porque vai ficar uma responsabilidade para as empresas, desde criar o Business Manager até gerenciar, ficar aceitando permissões… Eu fico com um pouco de dúvida se isso vai funcionar bem, principalmente agora no início

Falhas na ferramenta

Outra coisa que também é um pouco preocupante é que algumas funcionalidades estão com falhas. Eu, por exemplo, tive um problema em uma das fanpages que eu fui importar pra dentro do Business Manager que parou de funcionar pra mim. Então eu perdi o acesso e não consigo mais postar nessa fanpage. Agora resta saber quanto tempo até esses probleminhas serem corrigidos pelo Facebook. Eu acho que até por isso que ele ainda deixou disponível as formas antigas de administrar uma página ou de administrar os anúncios.

Bom, gente, então era isso. Essas foram as nossas primeiras impressões sobre essa nova ferramenta do Facebook. A gente espera que vocês também deixem comentários, se já testaram ou não, o que vocês estão achando sobre isso também… Compartilha com a gente a tua experiência com a ferramenta! Se a gente falou alguma besteira aqui, e se quiser nos corrigir, pode nos corrigir, pois é uma ferramenta muito nova, a gente tá aprendendo ainda. A gente tá gravando esse vídeo aqui dois dias depois do lançamento da ferramenta, então tá tudo muito novo ainda. A gente só espera muito que vocês colaborem aí, assinem o nosso canal e curtam o nosso vídeo!”

Assine o canal da Mateada no YouTube:

 


Mel Quincozes
Mel Quincozes

Estudante de jornalismo. Analista de Conteúdo na Agência Mateada. A menina que devorava livros.