O Google Post é mais uma maneira de se comunicar diretamente com os usuários por meio dos resultados de busca. Disponível oficialmente desde 22 de junho para todos os negócios locais cadastrados no Google Meu Negócio, o Google Post permite que você publique diretamente no Google. Assim, é possível apresentar conteúdos exclusivos ou fazer chamadas direcionando potenciais clientes para dentro do seu site!

O próprio buscador disponibilizou dados mostrando que 82% da população recorre ao Google quando quer encontrar informações locais. Ou seja, quando o usuário estiver procurando pela sua empresa, ao invés de encontrar apenas os seus tipos de produtos/serviços e contatos, poderá enxergar também um conteúdo produzido por você!

Ali você tem a oportunidade de fazer uma publicação exclusiva para o Google. Imagina que bacana ter promoções unicamente por lá e, então, poder descobrir quando o buscador movimenta seus lucros? Que tal um formato de drops informativos (uma espécie de pílula diária de conhecimento), contando novidades a respeito do seu negócio? Sendo criativo, você consegue ir longe com esse recurso.

Inclusive criar chamadas que levem para posts ou páginas do seu site. A ideia é que, com uma descrição sucinta e que gere interesse, você consiga estimular o seu potencial cliente a comprar na sua loja ou a optar pelos seus serviços. É você auxiliando um usuário a se transformar em cliente!

Quer saber como surgiu o Google Post? Clique aqui e veja o infográfico no fim do post!

Como funciona o Google Post

Como usar o Google Post no meu negócio?

Para deixar tudo ainda mais prático, montamos este pequeno tutorial com o passo a passo de como usar o Google Post.

  1. É preciso ter uma conta cadastrada e ativa no Google Meu Negócio (aprenda como colocar seu negócio no Google Meu Negócio clicando aqui!).
  2. Se você tiver um negócio com mais de uma localização, é preciso ir em Gerir Localização e optar por uma delas para a postagem.
  3. Clique em Criar Publicação ou em Publicações, no próprio menu.
  4. Então, aparecerá o local para que você possa criar sua postagem. A chamada precisará ter entre 100 e 300 caracteres.
  5. Nesse momento você poderá adicionar uma imagem, escrever a postagem, inserir um evento com data de início e fim programado, adicionar um botão para levar ao seu site… Basta ser criativo e preencher os campos.
  6. Postagem criada? Você pode pré-visualizar clicando no botão com o mesmo nome.
  7. Tudo certo? Então pronto. Clique em Publicar no canto superior direito e aguarde os resultados!

Veja como é a tela de publicação:
Publicar no Google Post

Sabe o que é o mais legal? Seu post vai aparecer tanto na pesquisa do Google quanto na do Google Maps instantes depois da publicação! E, em média, dois dias após a publicação já é possível ter acesso a informações como o número de vezes que a publicação foi vista (Visualização) e que as pessoas interagiram com ela (Engajamento).

Dicas de Otimização para Google Post

O bacana desse recurso é que você não precisa se ater a um conteúdo que já exista. Você pode criar um pensando exclusivamente no Google Post e em como ele pode se tornar relevante aos seus potenciais clientes.

Separamos aqui algumas dicas que podem ajudar você a pensar em como usar, da melhor forma possível, o Google Post!

Dica #1 – Criação de Conteúdo

  1. O conteúdo precisa ser relevante, que ajude a solucionar possíveis dúvidas dos usuários em relação à sua empresa.
  2. Cada publicação dentro no Google Post tem, em média, uma semana de duração no ar. Por isso, o ideal é que você faça postagens pelo menos uma vez por semana!
  3. Se você tiver uma promoção ou programação diferente todos os dias, ao invés de fazer uma postagem diária, deixe programado em formato de Evento, com as datas de início e fim. Assim o próprio Google insere no tempo certo e você não precisa passar por possíveis constrangimentos caso esqueça de retirar. 😉
  4. O Google permite que você use de 100 a 300 caracteres. Porém, apenas os 100 primeiros caracteres aparecem (aproximadamente 13 palavras). Portanto, considere isso na hora de criar suas chamadas, já que o início é importantíssimo para estimular o clique do usuário!
  5. A postagem não tem título, por isso você precisa criar um conteúdo bastante criativo para incentivar os usuários a lerem!
  6. Não é permitido conteúdo: repetitivo, com erros de ortografia, que use jargões, que sejam automatizados e que escondam ou não relatem ao usuário que ele receberá uma fatura ou cobrança.
  7. Além disso, conteúdos adultos, violentos, de assédio, que incitem ao ódio ou à exploração infantil também são banidos! Bem como de produtos regulamentados, como: álcool, jogos de azar, serviços financeiros, produtos farmacêuticos e suplementos reprovados ou dispositivos médicos/de saúde.

Dica #2 – Sobre as imagens

  1. A imagem aparece pequena no recurso, por isso o ideal é que ela não tenha nada escrito sobre ela. Claro, se isso for relevante para o local, como um cardápio ou uma vitrine com letreiros na frente, pode tranquilamente.
  2. Como a imagem é pequena, opte por cores que não causem contraste negativo (ruído). O próprio Google tem uma material superexlicativo sobre como usar a paleta de cores e que vai auxiliar muito você!
  3. A imagem precisa ser bonita, mas simples. Preferencialmente uma foto real do seu estabelecimento, pois o Google valoriza muito isso.
  4. Não é permitido imagens com efeitos estroboscópicos (com efeitos de luz pulsante) e qualidade da imagem borrada. Aquelas que ficarem desfocadas, giradas ou muito escuras correm o risco de serem removidas.
  5. Nunca use imagens em que menores apareçam sem ter o consentimento legal dos responsáveis.

Dica #3 – Explore os adicionais

Além da postagem tradicional, apenas com o texto e a imagem, existem botões para que você possa levar o usuário até alguma página do seu site.

  1. Evento: é possível acrescentar um título para o evento e definir a data e horário, tanto de início quanto de término deles.
  2. Botões: você pode inserir um botão que leve para uma página específica do seu site. São cinco opções diferentes para você usar: Saiba mais, Reservar, Inscreva-se, Comprar e Salvar Oferta.

Dica #4 – Ideias para Posts:

  1. Compartilhar promoções recentes ou mesmo do próprio dia;
  2. Divulgar eventos e encontros de networking da sua empresa;
  3. Informar feiras ou mesmo acontecimentos que sejam do interesse do cliente e que estejam ocorrendo perto de você;
  4. Destacar lançamentos, novidades e diferentes usabilidades dos seus produtos ou serviços;
  5. Indicar formas mais acessíveis de chegar a páginas que sejam do interesse dele, como: assinatura de News, cadastrar reservas, ver horários ou disponibilidades de outras lojas perto dele.

Exemplos Práticos para Usar o Google Post

Até agora todos os exemplos pareceram muito vagos para você? Bom, então vamos pontuar alguns que possam ser mais próximos da sua realidade. Separamos três segmentos que usam bastante o Google Meu Negócio:

Exemplos para Blogs:

  1. Blogs de moda podem usar para divulgar as tendências antecipadamente ou mesmo relatos sobre os vestuários mais marcantes de uma festa bombástica da semana.
  2. Blogs de maquiagem podem fazer chamadas para vídeos ou tutoriais novos.
  3. Blogs sobre tecnologia podem revelar as novidades do mercado ou fazer chamadas para estudos recentes disponíveis em seu site.
  4. Blogs sobre educação podem trazer dados relevantes que impactem e conscientizem a população ou dicas diárias para o universo educacional.
  5. Blogs sobre vida fitness podem fazer, em formato de drops, desde informações sobre nutrientes e alimentos quanto de hábitos diários de saudabilidade.

Exemplos para e-Commerces:

  1. Lojas de varejo podem avisar antecipadamente ações da próxima semana e ofertar descontos especiais e únicos para quem encontrar por ali.
  2. Lojas de roupas podem trazer dicas de tendências de moda, com alguém influente usando a peça ou mesmo um modelo da coleção, e inserir o botão que leve para a página do site para quem quiser adquirir.
  3. Lojas de presentes podem trazer sugestões diárias diferentes para servir de inspiração por quem está buscando por algo especial – principalmente pensando e antecipando datas comemorativas!
  4. Lojas de calçados podem trazer promoções exclusivas, lançamentos e até eventos de coleções.
  5. Lojas de instrumentos musicais podem trazer conteúdos exclusivos para ajudar quem quer aprender mais sobre os diferentes produtos e mesmo lembrar de aplicativos ou promoções.
  6. Livrarias podem trazer sínteses chamativas de livros que serão destaques, tanto na semana quanto como lançamentos.

Exemplos para negócios Locais:

  1. Pet Shops podem usar para divulgar um evento de vacinação ou mesmo doação de animais.
    Academias podem explicar como usar algum tipo de aparelho ou mostrar os erros mais comuns na hora de usá-los.
  2. Restaurantes podem explicar os diferenciais dos pratos do dia e até descontos ou promoções diárias.
  3. Lanchonetes e Pizzarias podem montar combos exclusivos para o canal, conseguindo assim medir o movimento que vem diretamente dos resultados de busca.
  4. Oficinas mecânicas podem trazer soluções para dúvidas frequentes dos seus clientes e inserir um botão que leve aos seus serviços. Como “você sabia que é necessário trocar as velas a cada x tempo? A negligência pode causar isso e isso… Saiba como proceder!”
  5. Salões de beleza podem tanto montar combos exclusivos, como mostrar novidades e explicar novas tendências de corte e procedimentos.
  6. Clínicas e Instituições podem explicar melhor seus serviços, como conseguem agregar mais valor a outras pessoas, além de divulgar seus eventos.
  7. Agências e Escritórios podem inserir eventos no Google Post, como Webinars, e-Learnings e demonstrações de produtos. Como divulgar dicas ou conteúdos do seu site que passam ajudar os usuários a converterem mais facilmente.
  8. Padarias e Mercados podem explorar muito as promoções diárias. Principalmente porque também aparecem no Google Maps, o que pode ajudar muito na hora de definir a rota e ir até o local.

Quando surgiu o Google Post?

A ideia surgiu para que, em sua versão de teste, figuras públicas pudessem disponibilizar notas, em formato de cards, sobre assuntos diversos, diretamente no Google. Algo que se assemelha muito ao funcionamento das redes sociais, mas com a abrangência que só os resultados orgânicos de um buscador do porte do Google conseguiria ofertar.

Depois vieram os aprimoramentos e, por fim, a disponibilização dele para uso de qualquer negócio local cadastrado no Google Meu Negócio. Para facilitar a ordem dos acontecimentos, montamos um infográfico. Assim, você consegue entender melhor como foi a caminhada desse novo recurso disponibilizado pelo Google!

Cronologia Google Post

  • Janeiro de 2016: Google inicia o projeto experimental Google Post. O foco são as eleições presidenciais nos EUA, usando as páginas dos candidatos como teste.
  • Março de 2016: Os primeiros testes com o “carrossel de cards” são feitos com empresas locais nos EUA. Além disso, foi a primeira vez que o Google concedeu/introduziu animações nos resultados de busca.
  • Março de 2017: Google disponibiliza o recurso para filmes, museus, ligas e equipes esportivas, tanto nos EUA quanto no Brasil. Por aqui também para os músicos.
  • Junho de 2017: No início do mês, o Google alterou o local de gerenciamento dos posts para dentro do Google Meu Negócio (GMN) e, no dia 22, liberou oficialmente para todas as empresas que usam o GMN.

Curtiu?

Essas são apenas algumas ideias que podem ajudar você a aumentar suas vendas usando o Google Post. Espero que você tenha gostado e, se sim, não esquece de compartilhar essa novidade ou deixar o seu like embaixo do post. Aliás, se você quiser descobrir outros recursos e ferramentas gratuitas para o seu negócio local, tenho uma ótima sugestão!

Dá uma olhada neste outro post nosso sobre Marketing Digital para Pequenos Negócios. São nove dicas em formato tanto de vídeo quanto de texto para você bombar seu negócio na Web. Ah, e para encerrar, ele tem mais duas dicas extras e que são incríveis! Não tem como ser melhor, eu garanto!

Fonte: Search Engine Land, Support Google, Posts with Google, Small Business Google Blog e Agência Mateada.