A Gigante Amazon anunciou no mês de Julho uma novidade um tanto inovadora: a Amazon Spark (clique aqui para conhecer), sua nova rede social. Se pensarmos que já existe o Facebook, não parece ser nada demais criar uma nova rede social, mas, na verdade, ela vai muito além de uma comunidade para troca de informações despretensiosas. Podemos dizer que é um novo método para nos aventurarmos ainda mais no mundo dos produtos.

A nova rede se assemelha à proposta do Instagram, com um feed rico em imagens, porém com o objetivo de “promovermos” os produtos que tanto amamos. E é claro que os seus amigos poderão comentar, curtir e interagir com as suas publicações. Na verdade, o curtir virou “smiles”, sorrisos, em português, uma versão própria para o Amazon Spark.

Outra função destaque é a de poder comprar os produtos que você vê nas fotos, clicando no botão de sacolinha que aparece na imagem. Dependendo da foto, é possível anunciar mais do que um único produto, afinal, você poderá estar vestindo uma blusa, calça, sapato, bolsa e muito mais.

 

Como funciona?

Verdade seja dita: o Instagram hoje já se tornou um grande catálogo de compras e o os produtos divulgados acabam variando de acordo com o seu interesse, ou seja, as pessoas que você segue. Eu, por exemplo, adoro seguir perfis de decoração e moda, então vivo sendo impactada e tentada por diversos produtos utilizados pelos formadores de opinião que eu acompanho.

Até aí não parece ter muitas diferenças, mas na verdade há uma crucial, quando você clica na sacolinha que mencionei anteriormente, para comprar o produto da foto, ele te leva diretamente para o site da Amazon. Bela sacada, não? A tentação fica ainda maior. Hoje você vê um produto incrível no perfil de um amigo, clica no perfil da marca, depois clica no site do e-commerce e daí então acessa o produto. Se pensarmos em UX, ou seja, experiência do usuário, são alguns passos a menos. E é aí que, na minha opinião, a Amazon acertou em cheio.

Eu busco facilidade e imagino que você também. Se eles fizerem o discurso certo para o público certo, muitos influenciadores digitais, em breve, já terão o seu perfil e seus fiéis seguidores, é claro, criarão os seus perfis também. E é assim que a rede vai crescendo.

É legal destacar que, ao se inscrever para a rede, é possível selecionar os seus interesses. Assim, só serão exibidos no seu feed os produtos que realmente poderão interessar a você. Se o algoritmo funcionar da forma certa, a experiência poderá ser, de fato, muito boa. Estes interesses seguem o formato utilizado hoje pela Amazon do seu menu do e-commerce.

Cadastro na Amazon Spark

 

Qualquer um pode participar do Amazon Spark?

Infelizmente ainda não é uma rede social 100% democrática e muitos ainda terão que esperar para conhecer o lançamento. O primeiro ponto é que está disponível somente nos Estados Unidos, o que não é nenhuma novidade, considerando que todos os super inovadores lançamentos da Amazon surgem por lá primeiro, país de origem da empresa.

Outra limitação que imagino não durar muito tempo é que somente poderá participar quem possui o app da Amazon no iPhone, ou seja, no sistema iOS. Confesso que, para mim, que me tornei usuária de Android há pouco mais de um ano, essa informação foi bastante frustrante. Caso você tenha um iphone e more nos Estados Unidos, basta acessar o menu do app da Amazon e buscar por Program and Features, depois é só clicar em Spark e começar a brincar.

Categoria e Usuário no Amazon Spark

 

E para as empresas?

Se você está do outro lado do consumo e quer oferecer os seus próprios produtos na rede social, cuidado. Faz parte das regras da comunidade a proibição do anúncio de produtos próprios ou de pessoas da sua rede de relacionamento. Você só poderá “anunciar” se estiver vendendo na Amazon também.

No Brasil isto ainda não é possível, mas nos Estados Unidos a Amazon é um marketplace gigante. Para quem não conhece, marketplace é um ambiente virtual para a venda de produtos de diversas lojas. Hoje, no Brasil, grupos como Cnova e B2W já trabalham com este formato. Se você fizer parte do marketplace da Amazon, seus produtos poderão estar lá naturalmente, mas são os usuários que irão divulgá-los e indicar o link para compra. E também serão eles que farão reviews dos produtos nas publicações.

Essa é mais uma oportunidade para as marcas se aproximarem dos influenciadores digitais e aproveitar essa onda das recomendações sociais para aumentar suas vendas. É possível que, em breve, também surja alguma formato não orgânico de divulgação, mas vamos ter que esperar.

Como funciona Amazon Spark

 

Por que eu devo criar um perfil quando chegar ao Brasil?

Como a Amazon só vende livros por aqui hoje, talvez isso demore bastante à acontecer, mas eu acredito que faça parte dos planos deles trazer o marketplace para o Brasil também. Vou aproveitar os termos utilizados pela própria Amazon na sua estratégia de lançamento do serviço para justificar porque você deveria aderir a mais uma rede social. Eu confesso que me interessei bastante, então não poderia convencê-lo do contrário. Vamos lá!

Produtos da Amazon Spark

 

Descubra

Se você curte muito quando vê algum produto incrível no Instagram e que tem tudo a ver com você, uma rede assim irá ajudá-lo a descobrir uma infinidade de itens que são a sua cara. Vou me usar como exemplo. Amo decoração estilo escandinavo e ainda não é algo tão popular e difundido. Então como me inspiro? Através do Pinterest, mas, principalmente, através de perfis de decoração escandinava (brasileiros ou gringos) no Instagram.

Quando vejo um produto que amo e é um pouco dramático e difícil de encontrar, fico frustrada. Se eu pudesse simplesmente clicar e ir direto para a loja seria ótimo, ainda que um desastre financeiro. De qualquer forma, quem não adora descobrir produtos que parecem ter sido feitos para você?

Compras na Amazon Spark

 

Inspire

Vai que você adore moda e realmente manja do assunto. Seus amigos adoram as roupas que você usa e vivem pedindo dicas de como se vestir melhor? Imagino que eles e muito mais pessoas adorariam adquirir produtos como os seus.

Inspirar os outros é grande parte do que acontece em todas as redes sociais hoje, mas essa é um pouco mais direta no que diz respeito ao consumo. Inspirar pode ser mais legal do que você imagina.

Fotos na Amazon Spark

Compre

Agora que já descobriu todos os produtos que têm tudo a ver com você, comprá-los pode ser uma boa ideia, mas não vá perder o controle! Brincadeiras à parte, o consumo faz parte do nosso dia a dia, então porque não tornar mais divertido e inspirador?

Usuários do amazon spark

 

Conecte-se

Uma das propostas é justamente juntar você em uma comunidade com outras pessoas que possuem interesses em comum. Conhecer pessoas online já não é mais tabu, então “trocar figurinha” com quem gosta das mesmas coisas que você é sempre legal. Eu dei exemplos de moda e decoração, mas se você curte fotografia, por exemplo, poder pegar dicas de lentes ou se gosta de cosméticos, poderá descobrir os produtos mais recomendados para o seu tipo de pele.

Uma realidade divertida da Amazon Spark é que poderá surgir uma foto no seu feed de uma amiga, na beira da praia, curtindo as férias e, quase, sem você perceber, o biquíni dela estará disponível para compra. Ou é aquela imagem da família sentada no sofá e o vaso ao fundo estará à venda.

Verdade seja dita, quem nunca viu uma foto totalmente despretensiosa e mandou aquele direct perguntando de onde é tal objeto? A nova rede social só traz para o consciente aquilo que estávamos fazendo sem nem perceber. Talvez ideal fosse poder direcionar para qualquer loja, mas nisso a Amazon foi bastante esperta, afinal, vende de tudo e um pouco mais.

Rede Social Amazon Spark

Se você já testou Amazon Spark, conta aqui nos comentários. Quero saber como foi a experiência e se concorda com o conceito descobrir, inspirar, comprar e conectar!


Este conteúdo foi escrito por Patrícia Sperk.