Skip to main content

Como aumentar as vendas com Google Shopping

O Shopping é uma das formas mais usadas para anunciar produtos no Google. Isso porque foi desenvolvida, justamente, para atender o mercado varejista. Por isso, se você tem uma loja virtual e ainda não conhece esse tipo de campanha de publicidade, é bom começar a entender e usá-la agora mesmo.

Mas, antes de explicar como colocar em prática suas campanhas de Google Shopping e aumentar muito seus lucros, é importante ter em mente alguns pontos…

1- O Google Shopping atrai os clientes, mas quem faz a venda é a sua loja! É isso mesmo, é necessário você ter isso em mente desde agora. Campanhas chamam a atenção, fazem o seu produto chegar aos olhos de quem está procurando por ele e na hora em que está buscando; são perfeitas para atrair mais negócios.

Mas, tão essencial quanto enxergarem seus produtos é conseguirem, de fato, adquiri-los. Parece até meio bobo, mas se você tem o hábito de fazer compras pela Internet provavelmente já tentou comprar algo e o botão não funcionava, ou não conseguia passar da etapa do carrinho ou (essa já passei muitas vezes) não conseguia gerar boleto.

Uma coisa supersimples para evitar qualquer uma dessas quebras é fazer uma compra teste. Uma simulação real de compra em sua própria loja pode te trazer muitos indícios do que pode ser aprimorado e quais os possíveis problemas que seus clientes poderão ter.

É importante testar, nesse momento, também em sistemas e navegadores diferentes, assim como tanto em um computador (desktop) quanto no smartphone (mobile). Se certificar que tudo está a pleno vapor é o fundamental!

2- Google Shopping é um anúncio ótimo, mas não traz resultados se seu produto for ruim! Meio forte, né? Mas todos precisam entender isso, de uma vez por todas! O Shopping traz muitas conversões, sim, é um fato. Porém, isso só acontece porque as pessoas encontram ali produtos que solucionem de verdade suas necessidades. Quer um exemplo?

Já ouvi muitas vezes frases do tipo: “Tenho um carregamento inteiro parado no estoque, desde do ano passado, que não está vendendo na loja. Quero/Vou anunciar ele!” Se você tem muito produtos encalhados, mesmo divulgando, é porque, provavelmente, ninguém quer comprar aquilo. Em suma, Google Shopping não é milagreiro! 🙂

compartilhe isso no Twitter!

O papel dele é mostrar produtos visualmente atrativos, com preços competitivos e de muitas lojas para entregar ao usuário; não é gerar novas necessidades para o consumidor. Bom, pontos alinhados, vamos à ele!

O que é Google Shopping?

Trata-se de um tipo de publicidade online que você pode fazer por meio do Google AdWords (como as de pesquisa e de display, por exemplo). Com a campanha de Shopping você consegue exibir seus produtos na lista de produtos do Google, com informações importantes como uma imagem dele, um título, uma breve descrição e o preço do item.

Antes de fazer o anúncio você precisa criar:

  • uma conta no Merchant Center (ferramenta que auxilia no envio dos dados da sua loja e dos seus produtos para o Google);
  • uma conta no AdWords (ferramenta de anúncios online do Google);
  • vincular ambas as ferramentas para montar sua campanha. Para isso, basta seguir os passos:

passo 1 – ir na aba de vinculação de contas do seu Merchant Center

passo 2 – clicar em AdWords

passo 3 – inserir o ID de cliente da ferramenta de anúncios

passo 4 – finalizar clicando em vincular conta

Como criar campanhas de Google Shopping?

A primeira coisa que você deve fazer é upload dos produtos que deseja anunciar para o Merchant Center. Porque, assim, o AdWords consegue ter acesso à todas as informações que precisa. Agora, é só criar a campanha dentro do AdWords.

  1. Clique na aba de “Campanhas” e depois em “+Campanhas”.
  2. Selecione a opção Google Shopping.
  3. Agora é só preencher os campos configurações de campanha.
  4. E criar os grupos de anúncios.

Pronto, seguindo esses quatro passos você cria sua campanha de Shopping! Outra informação bacana é que o custo do anúncio é por clique, ou seja, é um excelente investimento!

Dicas para ter campanhas de sucesso no Google Shopping

Para ajudar você a chegar mais longe e ter campanhas que realmente vão impactar seus potenciais clientes, separei três dicas para que seu negócio tenha bons resultados com seus anúncios online.

#1 – Otimize seu feed de dados

Para que suas campanhas de Shopping funcionem bem é preciso que os dados do seu Merchant Center, a ferramenta do Google que citei no início e que serve para registrar e cadastrar seus produtos, estejam bem completos e organizados. Por isso, verifique se os atributos (os dados dos seus produtos) estão completos no seu feed, com informações como:

  • da sua marca;
  • do preço do seu produto;
  • da descrição completa dele;
  • e do título do seu produto.

Além desses atributos obrigatórios, é possível adicionar alguns opcionais que vão auxiliar no aumento de relevância da seu feed de dados. Você pode inserir o tipo de produto ou um link de uma imagem adicional, por exemplo. Lembre-se de que quanto mais organizado for a sua categorização de produtos, mais fácil será montar seus grupos de anúncios.

#2 – Grupos de anúncios

Crie diferentes grupos de anúncios, assim você consegue organizar seus produtos bem. Você pode separar de diversas formas, como por:

  • marca;
  • categoria do produto;
  • ou produtos em promoção e/ou com desconto.

O interessante é você conseguir agrupar para montar uma estratégia de lance, com um lance exclusivo para cada um dos grupos. Então, fica mais simples estruturar e organizar melhor sua estratégia de publicidade, tendo relatórios mais específicos.

#3 – Palavra-chave negativa

O último lembrete, mas não menos importante, é cadastrar palavras-chave negativas! Dessa forma, você evita que seus produtos aparecem para buscas que não fazem sentido para eles. Essa é uma das forma mais eficazes para não desperdiçar seu investimento!

Vantagens de anunciar no Shopping do Google

  • Como mostra a imagem do produto, chama bem mais atenção nos resultados de pesquisa.
  • A Taxa de Cliques é maior que nas campanhas de pesquisa, muito devido a sua forma de exibição.
  • Esse tipo de campanha tem altas taxas de conversão.
  • Considerando que seu preço seja competitivo, é o anúncio ideal! Isso porque fica fácil para o usuário visualizar o preço mais baixo e decidir pela compra antes mesmo de entrar na loja.
  • É possível, facilmente, aumentar e diminuir os lances com base nos produtos com melhores resultados.
  • É possível criar relatórios personalizados para cada produto.

Que empresa deve usar esse tipo de campanha

Se você tem um e-commerce, os anúncios de Shopping são mais que importantes, são indispensáveis! Ele também é ótimo para quem tem muita concorrência no mercado, aliás, mesmo que seus concorrentes ainda não usem, vale a pena sair na frente e, assim, se destacar na página de resultados de pesquisa!

Dica extra: o que não se pode esquecer na hora de fazer Google Shopping

Preencha o máximo de informações possíveis quando for descrever seu produto. Isso porque, ao contrário das campanhas de pesquisas e de display, a de Shopping não tem palavra-chave! Ou seja, todas as informações que o Google precisa para poder mostrar aos usuários seu produto vem do título e da descrição dele.

Quanto mais completa forem as descrições, com mais campos preenchidos, mais o buscador vai exibir seus produtos!

Espero que tenha ficado mais claro como é possível aumentar suas vendas com essa campanha e como colocar em prática agora mesmo. Mas antes, um spoiler: existem muitas siglas e termos específicos do Google AdWords que você precisa saber para dominar as campanhas de anúncios e podem não ser familiares (e tudo bem você não saber, até eu me atrapalho toda).

Para deixar todas essas dúvidas para lá, fizemos, aqui na Agência, um Glossário de Siglas e Termos para Entender Melhor o Google Adwords com mais de 40 vocábulos para você se tornar um verdadeiro especialista em Links Patrocinados!

 

Faça download do Glossário gratuitamente

 

Ah, se ficou com alguma dúvida, não precisa ficar roendo a unha aí, deixe seu comentário aqui embaixo, que vou adorar ajudar você a colocar seu negócio topo dos resultados de busca!

Fontes: Google, Support Google, Advertiser Community e Agência Mateada.

Priscilla Mella

Jornalista, analista de conteúdo, entusiasta do empreendedorismo, fascinada pela Segunda Guerra, apaixonada por content marketing, por literatura romancista e por Star Wars.

  • Cláudia Rodrigues

    Oi Priscilla tudo bem? Tentei cadastrar meu site, mas ele não aceita minha URL, e informa o seguinte “URL must start with a scheme”. Não entendo de que forma ele precisa que seja inserido a URL…sabe me dizer?
    Obrigada

    Cláudia

    • Cláudia, não sei se entendi muito bem o seu problema, mas isso parece que aconteceu pelo fato de você informar o domínio sem o http ou https.

  • Thiago Fantin

    Bom texto, informações importantes para quem não conhece o Shopping!

    Minha única observação é, além de tudo isso que você descreveu, há muitos lojistas por aí que pesquisam por seu próprio produto e não os encontram no Shopping…

    Isso acontece porque o seu produto, além de não ter vínculo direto com Palavras-Chaves (como as campanhas de Pesquisa), se baseia também no perfil do usuário para ser apresentado, ou seja, o seu produto não será mostrado para todo mundo, em todos os momentos, e na mesma classificação (sempre em primeiro, por exemplo).

    Isso acontece porque o Google leva em consideração o que o usuário está buscando, e seu histórico (se já comprou em determinada loja, se já acessou, etc).

    Ou seja, diferente das campanhas de Pesquisa, no Shopping o lance tem grande influência na classificação do seu anúncio, porém não quer dizer que você sempre será exibido!

    • Perfeito Thiago, ótima colaboração, complementou muito bem o conteúdo. Esse comportamento de ficar pesquisando a si mesmo no Google é muito comum e muitas vezes atrapalha a qualidade das campanhas.

      Obrigado pelo comentário.